HOME – SERRA DO RONCADOR

A Serra do Roncador consiste em uma área de relevo íngreme e acidentado situada ao meio da floresta amazônica no estado do Mato Grosso, se estendendo desde o municipio de Barra do Garças até a Serra do Cachimbo, no estado do Pará. O nome da Serra se deve ao encontro do vento forte da região com os imensos paredões originando um som que lembra um ronco ininterrupto, e até assusta os menos avisados se estiverem sozinhos no meio da noite.

É formada por chapadões, como um típico planalto, começando na cidade de Barra do Garças, a 500 quilômetros de Cuiabá, a Serra do Roncador é uma região que se localiza no ponto mais central do Brasil, mais especificamente entre o rio das Mortes e o rio Araguaia a leste, e o rio Xingu e Kuluene a oeste, chegando a atingir até 700 metros de altitude em alguns pontos. Sua cadeia de montanhas, à semelhança de “canyons”, divide as águas dos rios Araguaia e Xingu.

O lugar é um convite para a eco aventura devido às suas belezas naturais. É uma região com quase 600 metros de altitude e mais de 800 km de extensão, onde se pode observar de perto o cerrado, em solos com formações rochosas imponentes e inúmeras cavernas e grutas com grandes galerias, estalactites, estalagmites e inscrições rupestres, além de lagos subterrâneos de um azul cor de piscina.

Tem uma grande riqueza biológica com diversos tipos de animais, como anfíbios coloridos, besouros, mamíferos, aves e tipos originais de plantas.

Acredita-se que seres evoluídos possuem cidades subterrâneas cujas entradas ficam escondidas no meio da serra. Ao meio da serra há um lago chamado de “o portal”. Essa lagoa é misteriosa por possuir águas extremamente cristalinas e não haver nenhum ser vivo dentro dela.

Segundo a crença esotérica, deve-se mergulhar nesta lagoa para se ter acesso a Atlântida. Outro acesso seria uma enorme rocha de cristal perfeitamente redonda e transparente, medindo aproximadamente 10 metros de diâmetro. Os ancestrais dos índios Xavantes, utilizavam essa rocha como espelho.

Os místicos acreditam que o portal, no alinhamento de astros, será aberto, permitindo a entrada para esse “mundo”. Nesse “mundo” as pessoas são muito desenvolvidas, tanto espiritualmente, quanto tecnologicamente e que sobrevivem porque existe um sol interior que ilumina o centro da Terra o sol mede 960 km e um dia alguns desses seres viram a terra para tomar posse.

A melhor época para visitar a Serra do Roncador é durante a estiagem, de maio a setembro. No verão, a precipitação é intensa e o volume de água nas cachoeiras pode tornar os passeios inviáveis.

É importante fazer todos os passeios com roupas confortáveis e tênis, passar protetor solar e vestir trajes de banho por baixo para curtir as quedas-d’água. Lembre-se também de levar um lanchinho para aguentar o dia intenso de atividades.

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras leva você a Barra do Garças com voos diretos a partir de Cuiabá.

Mais informações: (66) 3407 2669

Foto: Maurinho e Durval

Documentário do Roncador

LOCALIZAÇÃO

Publicidade

980x70_Windows 8.1